Acesso rápido
 

Mais notícias

Comércio gaúcho espera movimentar R$ 6,1 bilhões com o Natal

Os gaúchos devem destinar R$ 6,1 bilhões para a compra dos presentes de Natal, o que equivale a 3,4% nominal acima do registrado no mesmo período em 2015. A previsão é da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV), estimando que 93,3% dos consumidores comprarão presentes de Natal, sendo que 37% presentearão seis ou mais pessoas para um tíquete médio variando entre R$ 50,00 a 80,00 por presente. Conforme o presidente da entidade, Vilson Noer as pessoas não deixarão de dar presentes, pois é uma data que está acima de problemas econômicos. “O que mudou do ano passado para cá é que as pessoas comprarão mais presentes com valores menores”.

Entre os presentes preferidos estão roupas (68,5%), brinquedos (56,2%), calçados e bolsas (24,7%), perfumes e cosméticos (21,9%) e livros (13,7%). Na lista de quem os gaúchos presentearão estão os pais (66,7%): os filhos (as) (56,9%); marido/esposa (56,9%) e sobrinhos/afilhados (50%). O tão famoso “amigo secreto ou amigo oculto” também já tem uma verba destinada para os gaúchos. Dos entrevistados, 42,3% gasta entre R$ 20,00 e R$ 30,00 com a brincadeira, 22,5% de R$ 40,00 a R$ 50,00 e 18,3% R$ 50,00.
 
O levantamento feito pela AGV também aponta que 40,8% realizará suas compras na primeira quinzena de dezembro, enquanto 38% deixará para comprar na segunda quinzena. Para 43,8% dos entrevistados, o pagamento dos presentes será à vista, 32,9% parcelarão suas compras no cartão de crédito; 30,1% usará o crédito em uma parcela e, 16,4%, farão carnês em lojas. O comércio de rua será procurado por 87,1% dos gaúchos, principalmente em cidades do interior do Estado.
 
Como o Natal sempre está diretamente relacionado com solidariedade, quando perguntados se realizam ações para entidades e/ou pessoas e doações, 50% dos participantes da pesquisa afirmaram que sempre realizam uma ação de fim de ano e para 25% esse será o primeiro ano que farão algo nesse sentido.

logo_gray.png