Acesso rápido
 

Mais notícias

ACIAP realiza mais uma edição do programa Miniempresa

Como funciona uma empresa? Quais os procedimentos diários para gerenciar produtos, serviços e pessoas? Quais os desafios enfrentados e como é o processo de decisão? Essas e muitas outras questões são parte do programa Miniempresa, da Associação Educativa Junior Achievement, que explica na teoria e na prática a rotina de uma empresa, independente do seu ramo de atividade. O programa em Horizontina é acompanhado pela ACIAP, que é a entidade homologada da Junior Achievement para desenvolver seus mais de 10 programas.

O programa será desenvolvido a partir do dia 08 de agosto por meio do Departamento do Jovem Empreendedor da ACIAP, coordenado pela advogada Ana Santos. O foco são alunos do 2° e 3° ano das Escolas Albino Fantin e CFJL, com participação de um grupo de diversos profissionais voluntários das áreas de marketing, recursos humanos, financeiro e produção, que irão aplicar as técnicas do programa.

Além da contribuição deles, várias empresas de Horizontina se uniram para patrocinas o material utilizado nas aulas que serãoo todas as terças-feiras à noite por 15 semanas. "É muito gratificante ter o apoio de todoas essas pessoas e empresas daqui. Foi muito tranquilo mobilizá-las, pois elas entendem a importância desse programa e sabem do diferencial que apresentam os adolescentes que dele participam. Os primeiros curriculos selecionados pelas empresas, quando há vagas, são de quem fez o Miniempresa. Temos muitos exmmplos de alunos que se formaram e já foram contratados imediatamente", conta a secretária executiva da ACIAP, Geanine Albring de Oliveira.

Uma das novidades deste ano, além do apoio das empresas horizontinenese, é o gerenciamento dos resíduos dos produtos que serão criados pelos alunos em suas empresas. A atividade terá o acompanhamento do engenheiro ambiental Mario Gaertner. "Outra inovação desta edição é podermos contar com uma psicóloga motivacional. Ao longo dos anos do Miniempresa sentimos a necessidade de ter um profissional trabalhando com os jovens sobre liderança, importância de cada um no processo, diferença de opiniões, etc. Além disso, quem participar do programa poderá também assistir palestras sobre o mundo empresarial, participar da feira da miniempresa para terem oportunidade de vender seus produtos, e participar da ação 'Empresário Sombra', uma oportunidade que ocorre após a formatura, quando cada aluno escolhe um profissional da área de interesse para acompanhar por um dia e verificar como é a atividade na prática da empresa, indústria ou entidade em que trabalha.", explica Geanine.

Os encontros são semanais, mas os alunos deverão se empenhar em outros horários para cumprirem as tarfeas, sem projudicar ou interferir no horário de aula.


Fonte: Jornal Novo Horizonte
Jornalista responsável: Danusa Widz

logo_gray.png