Acesso rápido
 

Mais notícias

Painel traça o cenário da economia para tomada de decisões

Com realização da ACIAP, da FAHOR – por meio do curso de Ciências Econômicas e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Horizontina, foi realizada a 5 ª edição do Painel Cenários e Tendências da Economia. Os pesquisadores e professores mestres da FAHOR Stephan Sawitzki, Márcio Kalkmann e Tiago Neu Jardim, que também é Procurador Jurídico do município de Horizontina, e o vice-diretor da FAHOR, professor Marcelo Blume abordaram os cenários da economia brasileira pelas perspectivas das eleições e da copa do mundo.

Os estudos apresentados mostram que o ano de 2018 ainda não será o grande ano do Brasil, mas já é o segundo ano em que a indústria, por exemplo, mostra sinais positivos, como a baixa taxa de juros, inflação dentro da meta e um pequeno aumento dos empregos formais.

Em relação a Copa do Mundo, a análise mostrou que o comércio e os serviços de Horizontina perdem em agregação de valor. Nas 2 horas em que as pessoas e o comércio param para assistir a um jogo de futebol da Copa, se deixa de ganhar aproximadamente R$ 280 mil. Já a indústria local, ao parar por 2 horas, deixa de agregar cerca de R$ 360 mil.

Em relação às eleições e ao cenário político do ano de 2018, o professor Stephan Sawitzki destacou que o governo brasileiro depende muito de acordos entre Câmara e Senado para poder realizar alguma de suas metas. “Por isso, é muito importante observar como está a formação sem se preocupar somente com o presidente”, destacou o professor.

  “O Painel traça esse cenário e traz algumas tendências a partir de muita análise e da observação de números e fatos. Com tanta informação, com o aumento na confiança do que é dito nas redes sociais, e menos confiança no governo e na justiça, é preciso ter uma informação que não seja tendenciosa, que mostre a situação como ela está com segurança. Com isso nossos empresários e nossas lideranças podem refletir nas suas ações, e no que pode dar certo no comércio e na indústria local, e assim desenvolver a economia do nosso município de forma mais assertiva”, comentou Blume.

logo_gray.png